Detectores - Theta, Lda. - Ao serviço da Investigação e da Indústria

Go to content

Main menu

Detectores

Produtos > Detecção de gases > Sistemas fixos


Projetados para uso em casas de caldeiras e estacionamentos, os detectores OLCT 10 e OLC 10 oferecem-lhe a solução mais económica para a monitorização contínua de gases tóxicos (OLCT 10) ou gases e vapores inflamáveis (OLCT 10, 10 OLC) no ar ambiente. Fáceis de instalar e operar, estes detectores combinados com a central de detecção MX15 satisfazem os requisitos do utilizador exigente.

Descarga do folheto


O OLCT 10N é um detector de gás digital concebido para a detecção de gases tóxicos ou oxigénio. Projectado para ser utilizado em combinação com a central de detecção MX43, o OLCT 10N fornece uma resposta rápida e precisa. Podem ser ligados até 32 detectores na mesma linha digital ou distribuídos por 8 linhas.
Todas as informações do transmissor são recebidas pela unidade de controle em menos de 1 segundo.

Descarga do folheto


Quando níveis perigosos de gases tóxicos ou oxigénio ameaçam a segurança de uma área não classificada, o detector CTX 300 pode satisfazer os mais exigentes requisitos de segurança.
O CTX 300 transmite dados em tempo recorde. E, com uma ampla gama de opções de sensor, tem a flexibilidade para proteger muitos ambientes potencialmente perigosos.
Com sensores pré-calibrados e um mostrador LCD opcional, é fácil fazer a manutenção do detector.

Descarga do folheto

Concebido para a detecção de gases explosivos, gases tóxicos ou oxigénio, este detector vem com uma saída de ponte de Wheatstone (OLC 100) ou de 4-20mA (OLCT 100). Qualquer que seja a sua aplicação, a Oldham oferece soluções com sensores catalíticos, eletroquímicos, de semicondutores ou resistentes a envenenamento. Com aprovação ATEX, estes detectores estão disponíveis em versão anti-deflagrante ou intrinsecamente segura. Para além desta gama o OLC / OLCT 100 dispõe de um sensor de infravermelhos, que permite que seja utilizado em condições ambientais mais severas, onde a presença de venenos poderia prejudicar a utilização de um sensor catalítico. Com uma garantia de 3 anos para o sensor e a eletrónica, o OLCT 100 XP-IR irá proporcionar fiabilidade e vida útil prolongada.
Com esta nova linha de detectores, a Oldham amplia sua gama com produtos que combinam fiabilidade, durabilidade e facilidade de uso. Para além disso, estes detectores são certificados SIL 2 de acordo com a norma EN 50402.

Descarga do folheto

A nova geração de detectores de gás de alta qualidade OLCT 60 cobre todas as necessidades industriais para uma variedade de aplicações. A série OLCT 60 é composta por versões anti-deflagrantes ou intrinsecamente seguras, com sensor remoto ou incorporado.
A versão OLCT 60AD permite que o sensor seja instalado remotamente até 15 metros (standard), permitindo a detecção em locais de difícil acesso, ou em zona 0, no caso da versão intrinsecamente segura (IS). Os detectores são feitos de aço inoxidável 316L, sendo robustos e resistentes à corrosão. Os sensores pré-calibrados podem ser desligados, girando a cabeça da unidade. Estes sensores "inteligentes" podem ser calibrados fora das áreas de risco.

O OLCT 60 está equipado com acesso não-intrusivo a um menu seguro. Em áreas de risco, a calibração pode ser feita com um modo de funcionamento de acordo com as regras de segurança.

Descarga do folheto


Desenvolvido em conformidade com as mais rigorosas especificações, o detector OLCT 80 é o padrão no mercado de detecção de gás.
Projetado para atender às exigentes necessidades das maiores empresas industriais, o OLCT 80 é uma grande conquista em termos de desempenho técnico e optimização de custos. Este detector é extremamente versátil, podendo funcionar em modo isolado ou ligado a uma central de detecção e permitindo a ligação de até três sensores sendo dois deles (ou os três) remotos.
O OLCT 80 está disponível em versão anti-deflagrante ou intrinsecamente segura para a detecção de oxigénio, gases combustíveis, gases tóxicos e refrigerantes. A n
ova versão XP IR com sensor de infravermelhos permite a detecção de gases combustíveis ou dióxido de carbono.

Descarga do folheto



As plataformas de petróleo, as indústrias petroquímica e química, as instalações navais e as estações de tratamento de águas residuais são ambientes em que a tecnologia de infravermelhos é muitas vezes a única solução para a detecção de gases. O OLCT IR é construído para resistir a esses ambientes agressivos, que exigem a mais eficiente detecção de gás e de chama.

Com versões para a detecção de gases combustíveis ou de dióxido de carbono, o OLCT IR é certificado SIL 2 de acordo com a norma EN 50402.

Descarga do folheto

Os detectores do tipo "Open Path" foram concebidos para detectar hidrocarbonetos em aplicações industriais. Eles são usados frequentemente em conjunto com detectores de gás convencionais para monitorizar uma área mais ampla.
O SafEye Xenon 700 consiste num avançado emissor
xenon  de infravermelhos e um detector (receptor) de infravermelhos separados, em linha de vista entre 4 m e 140 m para detectar e quantificar a presença de gás inflamável, mesmo quando em ambientes extremamente agressivos onde a poeira, a neblina, a chuva, a neve ou a vibração podem causar uma redução elevada de sinal.

Descarga do folheto

Temos o prazer de apresentar a nova gama de detectores de chama. O SharpEye é compatível com a Norma Europeia EN54-10 e possui aprovação (TUV) SIL2 de acordo com IEC 61508 e certificação ATEX, zona 1. Os detectores SharpEye são projetados para todos os tipos de incêndio e as suas capacidades para analisar os espectros dão-lhes um alto nível de fiabilidade.
A tecnologia óptica permite que o SharpEye detecte a radiação dispersa pelas chamas e os sub-produtos da combustão. Dependendo do modelo, o SharpEye pode utilizar um ou vários sensores, sejam UV, IR ou uma combinação de ambos.

Descarga do folheto

Back to content | Back to main menu